A Criatividade como matéria prima

O uso e o desuso da criatividade, alterando os conceitos de produção

Cada vez mais boas ideias tornam-se matéria prima de grandes empreendimento, mas nem sempre essas ideias foram bem recebidas. Como saber gerenciar boas e más ideias? E quão importante é não descartar nenhuma delas?

Sempre seremos questionados a respeito de nossa produção. Os designers gráfico são sempre ‘ vítimas ‘ das novas criações do nosso meio. De maneira que são essas criações que nos proporcionam crescimento profissional, e se não fossem elas não estaríamos sempre nos reciclando. Acredito que essas transformações constantes no nosso perfil de trabalho seja a melhor relação de mutualismo no mercado profissional. Isto pois quando nos sentimos ameaçados pela criatividade de um colega/agência que se destaca em seu trabalho, damos logo um jeito de também inovar. E é assim que gira essa roda. Cada um inovando como pode e todos inovando sempre. Se não fosse assim, seríamos advogados. ( Nada contra a profissão ).

Quão importante é inovar?

Assim como os comerciantes sentem a necessidade de alterar a organização de suas prateleiras para chamar a atenção dos clientes, assim como os feirantes gritam e soltam anedotas, assim como as empresas investem em comerciais, assim também é o ambiente  de trabalho dos profissionais da criatividade. Que necessitam da inovação para chamar a atenção dos seus clientes, e consequentemente atrair os clientes dos clientes. É uma via de duas mãos, mas com um único sentido. É como se desenvolvêssemos o material para nosso cliente, e esse material fosse usado com os clientes do cliente que usará esse mesmo material para os outros cliente de terceiros clientes. O material proposto deve sempre ser amplo e arrojado para que todos que tenham acesso se sintam a vontade com o discurso.

E quando o sujeito inova, ele trata da matéria-prima dele, a criatividade, como prioridade em usa ação. É sempre fundamental que a inovação venha acompanhada de um olhar diferente, de um diferente ponto de vista que ninguém tenha notado, ou se já notado, que seja notado de maneira inovadora. A criatividade é um campo eterno, onde vagam nele aqueles que buscam sair na frente e quando se destacam e encontram o caminho certo nunca mais voltam a cair na rotina criativa.

 

 

 

Anúncios

Autor: Douglas Alves

Um cara apaixonado por comunicação! Por foto, por gente, por política e por tudo que engloba o ser social. É difícil explicar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s