Dilma não deve ser tratada como vítima.

A, agora oficial, ex-presidente da república teve durante seus dois governos, várias falhas causadas por falta de diálogo.

Anúncios

A, agora oficial, ex-presidente da república teve durante seus dois governos, várias falhas causadas por falta de diálogo.

O governo da petista, embora com forte apoio popular, não teve sua reeleição bem recebida na Câmara dos Deputados e no Senado. Dilma teve grandes dificuldades para aprovar seus últimos projetos, vários pedidos negados e infinitas objeções dos senadores e deputados. Nunca um presidente foi tão fortemente hostilizado em sua própria casa, Dilma perdeu seus aliados, sua base governista, a capacidade de diálogo e a possibilidade de aprovar novos projetos.
Essa manobra política conhecida como Impeachment é para Dilma Rouseff um ‘tiro de misericórdia’ para que o governo da presidente não seja ainda mais desastroso. Ontem no Senado durante os discursos pró e contra o processo de admissibilidade, notei que os Senadores não tinham coerência em seus discursos. Ver Renan Calheiros presidindo a sessão que definia se Dilma Rouseff errou em sua gestão dá à sessão um tom de sarcasmo. É incoerente e ilegítimo talvez. Mas uma coisa é inegável, até o mais vermelho do Petista precisa admitir que Dilma cometeu erros, que posso separar aqui mesmo nesse artigo rápido em três pontos:
  • Econômico;
  • Administrativo e
  • Político
ADMINISTRATIVO
Assim como qualquer outro presidente, ela cometeu erros sim. E digo mais, esses erros de Dilma Rouseff seriam perdoados facilmente se uma bancada considerável ainda apoiasse o Partido dos Trabalhadores como nos vermelhos anos do governo Lula, mas um agravante se tornou o fator crucial para o afastamento da ex-presidente: a falta de diálogo.
Por ser mulher ou pela sua fama de durona, Dilma nunca ‘passou a mão’ nem em seus aliados. Suas habilidades técnicas e formais não foram o suficiente para se manter no poder, faltou maleabilidade, faltou molejo. Faltou à ela jogo de cintura. 
ECONÔMICOS
Superemos pois o argumento das pedalas. Chega! Vamos falar de fatos. Dilma convulsionou a economia antes de sua reeleição. Mas, esse fato veio antes mesmo de seu governo. Acreditem vocês ou não, foi Lula quem mexeu e remexeu para que o país  aumentasse seu PIB antes do fim de seu mandato, isso para criar um “surto temporário de felicidade” em prol da candidata à sua sucessão. Essa avaliação é creditada à João Luiz Mascolo, professor de economia do MBA do Insper, o então presidente adotou uma série de medidas de estímulo, levando o PIB (Produto Interno Bruto) a crescer 7,5%, índice comparável ao da China, em 2010. O que vem depois, uma derrocada sem precedentes.
A receita do Fracasso:
O país não aguentou manter o PIB nesse nível, os investimentos externos secaram, o apoio no congresso acabou e entramos na maior crise político-econômica da história.
POLÍTICO
Infidelidade. É o que resume esse governo de Dilma Rouseff. Foi traída por parceiros, aliados e até mesmo pela oposição que vezes a apoiava. Até mesmo quem disse que votaria contra seu processo de Impeachment votou a favor em rede nacional. Dilma não soube nomear pessoas confiáveis, diga-se pelo seu próprio vice, que vez ou outra mostrava as suas intenções em notas, cartas, posts e áudios de Whatsapp (sic).
Por fim, eu pessoalmente declaro que apoio o fim do governo Dilma. Não por não apoiá-la, mas por não suportar mais o escárnio que sofre essa presidenta eleita pelo voto de milhões de brasileiros . Querem destituir o seu governo de qualquer maneira, desde sua reeleição. Eu apoio esse Impeachment para que agora Dilma Rouseff se veja como oposição e se defenda livremente. Agora é a vez do Partido dos Trabalhadores voltar à sua origem e novamente começar a fazer o que fazia bem no começo: Lutar de verdade pelos direitos do brasil.

Vencedores do Desafio Algar Telecom

Drones, Hoverboard, Robôs e R$ 1.500 em compras. Os ganhadores, receberam um vale prêmio onde podem escolher sua premiação.

Ah2ASQ5eQtXhey7nre3hWHDmt26-xAAfNRCqbbcO-GGs

Os vencedores do projeto:  Douglas, Francesco, Winicius, Larisse  e Frederico.

 

Os vencedores da maratona  apresentaram uma proposta que democratiza o uso da internet grátis da Algar Telecom. Esse projeto da empresa foi implantado em 2012 e a partir de então é livre o acesso à rede apenas  clientes da Algar Telecom.  O aplicativo Algar Telecom App Conect busca promover a democratização do uso da internet e a maior interatividade dos usuários do serviço. Logicamente, a equipe teve a preocupação de preservar a marca da empresa e privilegiar os usuários que são clientes da empresa de comunicação.

AsKEQa0R4duqYFQQSioKWBUYRZBQdJAzebuMZrlzljMD
Drones, Hoverboard, Robôs e R$ 1.500 em compras. Os ganhadores, receberam um vale prêmio onde podem escolher sua premiação.

O interessante do projeto vencedor é que ‘lucram as duas faces da moeda’. Ora, os usuários da internet que usufruem do serviço gratuito em locais estratégicos da cidade e as empresas que fazem divulgação em canais de mídia da Algar Mídia.

Ai6IjuJe8dpyX84FrudL4RLQmJWp8YzLcgVrHEPFgRSO.jpg
Os participantes do evento, elegeram em sua maioria a segunda melhor idéia. O grupo acima, apresentou a Acessibilidade para cegos e surdos no transporte público da cidade. Os organizadores do projeto, entram em contato com nomes importantes do segmento que mostraram interesse pelo projeto, uma grande empresa do ramo também se mostrou aberta para uma parceria.

A equipe eleita como segunda melhor idéia apresentou o projeto AllBus que permite otimizar o livre acesso ao transporte público por usuários deficientes.  Ônibus e vans atualmente são usados por deficientes que com muita  resiliência conseguem se locomover pela cidade de Uberlândia que hoje conta com quase 130 linhas diferentes.  O profícuo do projeto também é a interatividade que o aplicativo instalado no celular permitiria ao usuário, com informações sobre o horários, locais e eventos próximos ao local onde ele está.