Dilma não deve ser tratada como vítima.

A, agora oficial, ex-presidente da república teve durante seus dois governos, várias falhas causadas por falta de diálogo.

A, agora oficial, ex-presidente da república teve durante seus dois governos, várias falhas causadas por falta de diálogo.

O governo da petista, embora com forte apoio popular, não teve sua reeleição bem recebida na Câmara dos Deputados e no Senado. Dilma teve grandes dificuldades para aprovar seus últimos projetos, vários pedidos negados e infinitas objeções dos senadores e deputados. Nunca um presidente foi tão fortemente hostilizado em sua própria casa, Dilma perdeu seus aliados, sua base governista, a capacidade de diálogo e a possibilidade de aprovar novos projetos.
Essa manobra política conhecida como Impeachment é para Dilma Rouseff um ‘tiro de misericórdia’ para que o governo da presidente não seja ainda mais desastroso. Ontem no Senado durante os discursos pró e contra o processo de admissibilidade, notei que os Senadores não tinham coerência em seus discursos. Ver Renan Calheiros presidindo a sessão que definia se Dilma Rouseff errou em sua gestão dá à sessão um tom de sarcasmo. É incoerente e ilegítimo talvez. Mas uma coisa é inegável, até o mais vermelho do Petista precisa admitir que Dilma cometeu erros, que posso separar aqui mesmo nesse artigo rápido em três pontos:
  • Econômico;
  • Administrativo e
  • Político
ADMINISTRATIVO
Assim como qualquer outro presidente, ela cometeu erros sim. E digo mais, esses erros de Dilma Rouseff seriam perdoados facilmente se uma bancada considerável ainda apoiasse o Partido dos Trabalhadores como nos vermelhos anos do governo Lula, mas um agravante se tornou o fator crucial para o afastamento da ex-presidente: a falta de diálogo.
Por ser mulher ou pela sua fama de durona, Dilma nunca ‘passou a mão’ nem em seus aliados. Suas habilidades técnicas e formais não foram o suficiente para se manter no poder, faltou maleabilidade, faltou molejo. Faltou à ela jogo de cintura. 
ECONÔMICOS
Superemos pois o argumento das pedalas. Chega! Vamos falar de fatos. Dilma convulsionou a economia antes de sua reeleição. Mas, esse fato veio antes mesmo de seu governo. Acreditem vocês ou não, foi Lula quem mexeu e remexeu para que o país  aumentasse seu PIB antes do fim de seu mandato, isso para criar um “surto temporário de felicidade” em prol da candidata à sua sucessão. Essa avaliação é creditada à João Luiz Mascolo, professor de economia do MBA do Insper, o então presidente adotou uma série de medidas de estímulo, levando o PIB (Produto Interno Bruto) a crescer 7,5%, índice comparável ao da China, em 2010. O que vem depois, uma derrocada sem precedentes.
A receita do Fracasso:
O país não aguentou manter o PIB nesse nível, os investimentos externos secaram, o apoio no congresso acabou e entramos na maior crise político-econômica da história.
POLÍTICO
Infidelidade. É o que resume esse governo de Dilma Rouseff. Foi traída por parceiros, aliados e até mesmo pela oposição que vezes a apoiava. Até mesmo quem disse que votaria contra seu processo de Impeachment votou a favor em rede nacional. Dilma não soube nomear pessoas confiáveis, diga-se pelo seu próprio vice, que vez ou outra mostrava as suas intenções em notas, cartas, posts e áudios de Whatsapp (sic).
Por fim, eu pessoalmente declaro que apoio o fim do governo Dilma. Não por não apoiá-la, mas por não suportar mais o escárnio que sofre essa presidenta eleita pelo voto de milhões de brasileiros . Querem destituir o seu governo de qualquer maneira, desde sua reeleição. Eu apoio esse Impeachment para que agora Dilma Rouseff se veja como oposição e se defenda livremente. Agora é a vez do Partido dos Trabalhadores voltar à sua origem e novamente começar a fazer o que fazia bem no começo: Lutar de verdade pelos direitos do brasil.

A internet e o novo direito de ir e vir.

Com o avanço da comunicação em massa, as redes sociais passaram a ter novos significados além de apenas entretenimento. Mas, logicamente, como tudo que é expandido para as massas, as redes sociais começaram a mudar sua face após um assombroso crescimento de usuários. Atualmente a principal rede social no Brasil, o Facebook, é o principal catalizador dessas diversas faces do conceito Rede Social. No início, o Facebook servia mais para unificar as massas e aproximar as pessoas além de estreitar os laços de amizade. Quem pegou o início do Facebook no Brasil, assim como eu, se lembra que éramos bloqueados quando se adicionava alguma pessoas que  – segundo o Facebook – não estavam dentro do seu ciclo de amizade. Era comum receber mensagens no inbox do tipo “ Me add que estou bloqueado por 90 dias “ . E assim era no início dessa rede social, esse sistema perdurou por vários anos, até que um dia parou-se de bloquear por adicionar pessoas que Ele julgava não ser do seu ciclo. Ora! Era injusto mesmo isto, às vezes a pessoa adicionada era um amigo seu que estava morando na Rússia e quando ele era adicionado você recebia um BLOCK! Mas, para nossa felicidade – ou infelicidade – com o fim desse bloqueio as pessoas começam a ter liberdade para trafegar pelo mundo todo e assim espalhar seu conteúdo vezes aproveitável ou talvez nem tanto assim. Já foram várias vezes que ‘desfiz uma amizade ‘ com alguém por não entender nada do idioma – arábico ou chinês – das postagens da pessoa, o nome dela quando me adicionava era sempre algo do tipo: Ami Juno , e eu julgava ser alguém próximo dos meus contatos. Mas bastava alguns dias no Feed para ver que a pessoa não tinha nada a ver comigo e quiçá as postagens “ nonsense “ dela!

Momento Dicionário Aurélio do post:
Nonsense: Esta palavra é formada por non (significa não, é um elemento de negação) e sense(que significa sentido). O humor nonsense é um tipo de humor que tem a sua base em coisas absurdas, sem sentido, cenários fictícios ou demasiadamente elaborados. É muito apreciado porque permite fugir das normas estabelecidas, pensar de forma diferente do que está definido como aceitável e lógico.

Abaixo, alguns posts Nonsense:

Japoneses comendo sapatos.
Os melhores takes do cinema: Indianos

Os melhores posts do Feed brasileiro: O Paraná, a Rússia brasileira

enhanced-14898-1417539561-29enhanced-14265-1417539589-24enhanced-13921-1417537213-8

enhanced-1086-1417539444-26

enhanced-13233-1417539499-18

enhanced-10729-1417536512-3

enhanced-7506-1417536461-3

anigif_mobile_1c9d47984234e787053de9befbe1a385-7

enhanced-6921-1417538445-11 enhanced-6750-1417538471-26

Tem coisas que só vemos no Paraná, não é mesmo?

Só mais um gif sobre o Paraná:

enhanced-16038-1417528832-12

anigif_mobile_f5203c001d65e0b75d230f6895589654-9

Só mais um de indianos:

 

 

Sobre a escolha do feed.

Pois bem, várias vezes a Internet nos proporciona coisas que somente a internet pode nos proporcionar ( hãn? ). Calma, a frase parece meio estranha, mas é isso mesmo! Digo isso pois várias vezes vamos rolar de rir de uma paródia legal ou ficar presos horas tentando descobrir a real cor do vestido, esses são momentos legais que somente desfrutamos na internet. Porém, no mesmo feed que rolamos de rir, nos deparamos com vídeos e fotos que promovem a violência e um conteúdo nada mais que bizarro. Ser adicionado por uma criança Filipina que vai ficar postando vídeos de linchamentos assim como você entrar no seu feed e ver um cachorro sendo queimado e as pessoas filmando isso e compartilhando dessa cena como se compartilhar mudasse algo e/ou promovesse algum tipo de justiça nos faz refletir e buscar um limite para a definição de Liberdade de Expressão. Várias vezes é inevitável ver, mas outras é possível denunciar e derrubar esse tipo de perfil. Mas o que acontece mesmo é que esse processo de liberdade sempre vai violar a privacidade ou a cultura de interpretação de alguém. Nos gifs acima, vimos peças do cotidiano que para nós é engraçado. Mas será que é engraçado para a família do idoso que fez sua própria cirurgia? Será que foi engraçado para a família da criança que roubou o carro de 80 mil?

Sou muito imaturo, e a internet também, para discutir o que e quando deve-se aplicar a liberdade de expressão.  O próprio CEO do Facebook emitiu sua opinião a respeito do assunto durante visita à Colombia, Mark Zuckerberg falou sobre a delicada questão de como equilibrar a liberdade de expressão e as leis locais dos diferentes países ” A maioria dos países possui leis restringindo alguma forma de expressão ou outra, afirmou o executivo. Se o Facebook permitisse que os usuários postassem algo considerado ilegal em seus países, isso resultaria em mais pessoas conseguindo se expressar? A melhor linha de ação geralmente é remover o conteúdo, sugeriu.“Se você violar a lei em um país, muita vezes o país bloqueia o serviço por completo”, afirmou Zuckerberg. Quando disse isso, o executivo estava respondendo a uma pergunta sobre o Facebook violaria a lei em um país que restringe a liberdade de expressão para dar poder aos seus usuários. A filosofia do Facebook, segundo Zuckerberg, é dar o maior número possível de ferramentas para as pessoas se expressarem. Algumas vezes a empresa luta contra os pedidos de governos para bloquear conteúdo, afirmou, lembrando que o Facebook precisa respeitar as leis locais.

Bem, eu só sei ( que nada sei ) que essa discução está longe de seu fim e isso se algum dia tiver um fim. Então, enquanto não entramos em acordo mundial sobre liberdade de expressão, vamos prosseguir com nossos gifs.

enhanced-19406-1417538171-7

anigif_enhanced-14299-1417538325-27

Obrigado pessoal, até a próxima!

 

E fechamos com a Devolução do Homem